skip to Main Content
(11) 3031-6164 (11) 99003-8847

O que esperar do Desenvolvimento da Criança aos 3 anos de idade?

A criança aos 3 anos de idade deixou de ser um bebê. Mostra-se mais independente e  busca autonomia: quer realizar novas proezas!

Demonstra curiosidade e interesse em realizar novas descobertas, saber o nome das coisas e para que servem os objetos. Resolver-se por conta própria!

Nas brincadeiras, gosta do “faz de conta”, sendo capaz de simbolizar.  Brincadeiras como mamãe-filhinho, fazer comidinha, brincar de ser médico, motorista, bombeiro são comuns. Os objetos assumem diferentes papéis na brincadeira e a imaginação é quem manda!

A criança nessa idade já se mostra em condições de compreender o que são atitudes corretas ou inadequadas para cada situação. Ainda assim, em algumas ocasiões, pode culpar outras pessoas por atos que ela realizou.

Começa a compartilhar seus brinquedos com outras crianças, mostrando-se por vezes cooperativa, e em outras vezes, dividir ainda pode ser difícil, mostrando-se egocentrada.

Abaixo listamos de forma simples, algumas habilidades e comportamentos que se espera da criança a partir dos 3 anos de idade:

  • A criança aos 3 anos já é capaz de correr com segurança em diferentes direções, saltar e até́ subir em alguns lugares.
  • Salta com segurança e/ou pula num pé́ só́, alternadamente.
  • Pode vestir-se e tirar a própria roupa, com algum auxílio do cuidador.
  • Come utilizando talheres, lava as mãos e vai ao banheiro sozinha.
  • A cor, a forma e o tamanho dos objetos lhe chamam a atenção.
  • Começa a diferenciar e, com frequência, mesmo errando, se refere às cores pelo nome.
  • Pode reconhecer os objetos pelo som e gosta reproduzir estes sons.
  • Em seus diálogos inclui feitos inventados por ela.
  • Repete algumas rimas e canções simples.
  • Mostra curiosidade por tudo que a rodeia e, muitas vezes, pergunta o porquê das coisas.

 

Saber o que esperar do desenvolvimento de uma criança é tornar-se capaz de perceber os sinais de alerta quando algo não vai bem, e assim buscar ajuda!

Caso você identifique que algo não vai bem com o desenvolvimento do seu filho(a), procure um especialista!

Back To Top